Informe Chapada

Informe Chapada


Brasileiro trabalhará até 1º de junho só para pagar impostos, diz IBPT

03.06.2016

Neste ano, 41,80% de todo o rendimento que os brasileiros ganharem, em média, será destinado para pagar tributos. A estimativa é do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Segundo o cálculo, isso equivale a 153 dias de trabalho, ou 5 meses e 1 dia, o equivalente ao período que se encerrou na quarta-feira (1º de junho).

O estudo mostra que o peso dos impostos nos rendimentos cresceu nos últimos anos.

Em 2003, o brasileiro destinou, em média, 36,98% do seu rendimento bruto para impostos, ou o equivalente a 4 meses e 15 dias. Em 2010, destinou 40,54%, ou 4 meses e 28 dias.

Em 2014 e 2015, o comprometimento dos rendimentos com impostos, taxas e contribuições exigidos pelos  governos federal, estadual e municipal ficou em 41,37%, o equivalente a 151 dias. O IBPT ressalta, porém, que os cálculos de 2016 levaram em conta o fato deste ano ser bissexto, ou seja, com 366 dias no seu total.

O estudo “Dias Trabalhados para pagar Tributos”, considera a tributação incidente sobre rendimentos, formada pelo Imposto de Renda Pessoa Física, contribuições previdenciárias e sindicais; e a tributação sobre o consumo de produtos e serviços, como PIS, COFINS, ICMS, IPI, ISS, etc; e a tributação sobre o patrimônio, onde se incluem IPTU, IPVA. As taxas de limpeza pública, coleta de lixo, emissão de documentos e contribuições, como no caso da iluminação pública também são consideradas.

Dependendo da faixa de renda, o comprometimento da renda com impostos pode ser maior ou menor.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.