Informe Chapada

Informe Chapada


41 mil domicílios baianos perderão direito à Tarifa Social de Energia

21.05.2016

A partir do dia 27 de maio a conta de energia vai ficar mais cara para mais de 41 mil famílias baianas beneficiadas pela Tarifa Social de Energia, que oferece desconto de até 65% na fatura. Após reavaliar os clientes da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou que o benefício fosse suspenso para estas famílias, visto que os critérios para participar do programa não estão sendo mais atendidos.

A validação só começa a contar para as contas de energias geradas a partir de 27 de maio. A Coelba esclareceu ainda que as pessoas foram notificadas sobre a perda do benefício.  Para ter o benefício, a família precisa estar inscrita no CadÚnico [Cadastro Único], do Governo Federal, e ter renda familiar, por pessoa, menor ou igual a meio salário mínimo. Tem também as famílias com o Benefício de Prestação Continuada , que são famílias com idosos ou portadores de deficiência, e renda média inferior a um quarto  do salário mínimo. Além disto indígenas, quilombolas e pessoas que têm UTIs domiciliares instaladas em suas residências

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.