Informe Chapada

Informe Chapada


Custo de vida do brasileiro deve crescer 7,14%, neste ano

12.04.2016

O custo de vida do brasileiro deve fechar 2016 nada menos que 7.14 por cento maior.

Foi o que disseram os economistas ouvidos pelo Banco Central na última edição do boletim Focus, que reúne a opinião das principais instituições financeiras do País.

O número é pouca coisa menor que o divulgado na semana anterior. Mas, ainda assim, estoura bastante a meta de inflação definida pelo governo, que defende um índice de quatro e meio, mas considera aceitável até seis e meio por cento ao ano.

Somados o aumento do custo de vida em 2015 e a previsão para 2016, a alta será de cerca de 18 por cento. E quem precisava de 400 reais pra fazer a compra do mês, por exemplo, terá que gastar 72 reais a mais para levar os mesmos itens.

Sobre a economia do País, a projeção piorou pela décima segunda semana seguida.

E com o desemprego e os brasileiros consumindo menos, o PIB deste ano vai encolher 3.77 por cento.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.