Informe Chapada

Informe Chapada


Lula diz que 'se necessário' entrará na disputa da eleição em 2018

28.08.2015

Política

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta sexta-feira (28), em entrevista para uma rádio de Montes Claros (MG) que, "se necessário", vai entrar na disputa das eleições em 2018. Ele deu a declaração após ser questionado se será candidato.

Lula respondeu que ainda não sabe se vai concorrer e acrescentou que, no caso de entrar na disputa, vai trabalhar para que a oposição não ganhe as eleições.

Lula comentou também a economia do país. Ele disse que o governo cometeu erros e que a própria presidente Dilma Rousseff os reconhece. Para o ex-presidente, a expectativa é que a situação comece a melhorar em 2016.

O ex-presidente também foi questionado sobre o escândalo de corrupção na Petrobras. Ele disse que não tinha conhecimento dos desvios na estatal e que "gostaria de ter sabido" do que ocorria.

Para Lula, a Petrobras não pode ser julgada pelos erros de uma minoria de servidores.

Ainda no tema corrupção, Lula analisou também o PT. Disse que o partido cometeu "desvios" e caiu no erro de ter "feito política igual aos outros partidos".

"O PT cometeu desvios porque começou a fazer política igual aos outros partidos políticos. O PT era para ser diferente de verdade", concluiu Lula.

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.