Informe Chapada

Informe Chapada


Em entrevista ao Informe Chapada, Rosivaldo Romão, presidente da ADIB, diz que perímetro Irrigado do Brumado vive momento crítico

06.05.2015

Barragem Luiz Vieira em Rio de Contas tem volume atual de 28.277,000 m3 de água

No último dia 28 de abril, seguindo o estatuto da Associação do Distrito de Irrigação do Brumado (ADIB), Rosivaldo Romão da Silva foi reeleito e teve seu mandato prorrogado por mais três anos.

O Informe Chapada procurou Romão e o questionou sobre variados temas que recentemente ficaram em destaque no município de Livramento de Nossa Senhora, e adjacências.

O presidente da ADIB nos revelou que além do momento crítico que vem sofrendo o perímetro irrigado do Rio Brumado, disse que está trabalhando no intuito de conduzir projetos em relação a infraestrutura, além de torcer para que as chuvas voltem a cair em condições normais na região para que o projeto de irrigação volte a ser um grande polo de emprego e renda.

Questionado sobre o volume do açude Luiz Vieira, que abastece os municípios de Rio de Contas, Livramento e Dom Basílio, Romão foi direto e afirmou que está com 28.277,000 m3 (milhões).

Confira o conteúdo da entrevista:

Informe Chapada: E esse volume, é confortável?

Rosivaldo: Esse volume ainda não é confortável nesse período de crise de água. Desde o mês de junho do ano de 2013 a água do açude Luiz Vieira é apenas para salvar as plantas, com um cronograma de apenas 12 horas por semana. Agora com o implemento da reserva do subsolo e com as perfurações de poços, alguns produtores já estão conseguindo produzir sem agredir ainda mais a barragem.

Inf. Chapada: Qual é a margem de segurança?

Rosivaldo: A margem de segurança é de 15.000.000 m3, quando atinge esse nível ela está destinada apenas para o consumo humano, não sendo disponibilizada para a irrigação.

Inf. Chapada: Muito se fala na Barragem Luiz Vieira, e pouco se sabe sobre o açude “Rio do Paulo”, qual é o seu volume atual?

Rosivaldo: O DNOCS divulgou que com as chuvas dos últimos dias ele acumulou cerca de 8.720.000 m3, um excelente aumento, visto que o açude Luiz Vieira teve um acumulo de 1.700.000 m3. O riacho do Paulo acumulou 6.500.000 m³, que são administradas pala comissão gestora das águas.

Inf. Chapada: Sabemos que a liberação de água é feita em três blocos, 1, 2 e 3, como é feita essa distribuição

Rosivaldo: Hoje depois desse novo cronograma de apenas 12 horas por semana, as quartas feiras a água é direcionada para os blocos um e três e parte do bloco dois e na quinta é realizado o complemento da água para atender o restante do bloco dois.

Rosivaldo completou que, nos dois dias de liberação de água para a irrigação, é utilizada cerca de 400.000 m3 e no decorrer da semana a barragem continua aberta para atender a demanda do consumo humano e animal, o qual corresponde há 190 mil litros por segundo.

Acude do Rio do Paulo acumulou nos últimos dias 6.500.000 m³ de água

Comentários


Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.