Informe Chapada

Informe Chapada


“Mais Produção e Menos Custos” foi tema de palestra sobre manejo da manga e os rumos da agricultura em Livramento

17.04.2015

Na noite da última quinta-feira, 16, aconteceu no salão de eventos “Espaço Avenida”, em Livramento de Nossa Senhora, no sudoeste baiano, encontro reunindo produtores livramentenses e da região, além do representante da Câmara de Dirigentes Lojistas de Livramento (CDL), Antonio Roberto de Souza (Beto da Consol), presidente da ADIB, Rosivaldo Romão da Silva e o Presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Lessa, para juntos debater sobre os rumos da agricultura em nosso município e adjacências.

Promovido pela empresa Irriga Dantas, considerada a maior vendedora de Butão Gotejo do Brasil, representada pelo empresário Nilson Dantas em parceria com a NETAFIM, o evento teve como tema “Mais Produção e Menos Custos”, os quais palestraram sobre o assunto o consultor da NETAFIM, Sterfeson Cunho; o especialista em manga, Rogério Martins e Armando Bagagi, especialista em irrigação e drenagem de projetos por gotejo, micro aspersão, aspersão e manejo de agua e solo.

Na ocasião, Nilson Dantas salientou sobre a importância do sistema de irrigação por gotejamento e que há seis anos trabalha com esse sistema. Destacou que como em nossa região vêm sofrendo coma estiagem esse é método mais econômico e eficaz para irrigar as plantações.

Nilson aproveitou, ainda, para dar exemplos de agricultores que aderiram ao sistema e que obtiveram resultados positivos nos municípios em que sua empresa trabalha, como Livramento de Nossa Senhora, Rio de Contas, Paramirim, Jussiape e Dom Basílio.

Dando continuidade, Sterfeson destacou que o produtor que implanta o sistema em sua propriedade está fazendo mais com menos, ou seja, está produzindo mais, com maior sanidade, com maior controle e com menos investimentos.

O especialista em manga, Rogério Martins, iniciou sua fala explicando como realizar manejo de produtividade com qualidade pensando sempre em atingir todos os mercados. Martins aproveitou, ainda, e mostrou aos presentes dados que mostram que a manga é a fruta que está em ótimo crescimento de consumo no mundo, abrindo novas possibilidades no mercado.

Finalizando as palestras, Armando Bagagi, contou sobre a história do gotejamento, o qual se iniciou em meados de 1966 na cidade de Vitória, na Austrália, mostrando assim, que esse projeto não é recente e que ao longo dos quase 50 anos de existência já apresentou diversos resultados satisfatórios, pois o sistema permite irrigar variados tipos de culturas com pequenos volumes de água sem desperdício.

Após o evento foi servido um coquetel, onde uma roda de bate-papo foi formada para comentários sobre o tema.

Nilson Dantas aproveitou para agradecer a presença de todos, sendo muito elogiado pela iniciativa.

1

Comentários

23.04.2015
benedito rufino da silva
Parabéns aos organizadores do evento. num passado distante fui um dos maiores revendedores de manga rosa e manga espada - obra prima produzida em Livramento - durante três anos (1965 a 1967; Na época Silerino era um dos companheiros de labuta; Antônio Aguiar - da Barrinha - era quem transportava o produto e os baganeiros até Vitória da Conquista - único centro comprador do produto. Um forte abraço.