Informe Chapada

Informe Chapada


Resultado da busca pela categoria "politica"

Rio de Contas: Márcio Farias rebate e dá conselhos ao seu principal adversário, Cristiano Azevedo

31.03.2016

Política

Em sua primeira entrevista ao BLOG DO ANDERSON, que foi ao ar no último final de semana, o médico Cristiano Cardoso de Azevedo, fez duras críticas à gestão de Marcio de Oliveira Farias (PSD) na Prefeitura de Rio de Contas. Principal adversário do atual prefeito, Cristiano Azevedo, que vai mais uma vez disputar a Prefeitura de Rio de Contas nestas Eleições 2016, disse que o município carece de mudanças em diversos setores, entre eles a Saúde, a Educação e o Turismo.

“Estamos preparados para a gente melhorar a situação de Rio de Contas que hoje está caótica, enfrentando o descaso da Prefeitura junto com os professores, não paga o piso salarial, o turismo de Rio de Contas está abandonado. Então precisa de pessoas que tenham compromisso com o município”, comentou Azevedo que fez questão de destacar o governo de Livramento de Nossa Senhora, cujo alcaide é o seu irmão Paulo Cardoso de Azevedo. Em contato com o BLOG DO ANDERSON na noite da ultima terça-feira (29), Márcio Farias lamentou e rebateu a fala do prefeiturável.

Veja a nota na íntegra.

“A campanha eleitoral desse ano ainda nem começou e meu adversário já começou soltar suas pérolas. Mente ou Demonstrou em sua fala ao blog que não conhece nada de orçamento público, sobretudo o de Rio de Contas, já que pretende ser perfeito. Nesse caso mostrando-se totalmente despreparado para assumir o executivo municipal. Me deu nota zero e tomou como referência seu irmão prefeito, que não cabe a mim avaliá-lo, mas os fatos atuais em Livramento dizem por si já que o referido prefeito não chega a 10% nas pesquisas de intenção de votos e não vai pra reeleição por absoluta falta de apoio popular, enquanto eu tenho sondagens internas de meu partido em que apareço muito bem avaliado e altíssimas intenções de votos para minha indicação. Aliás, como pode me dá zero se o próprio me chamou em conversas me pedindo apoio? Mentiu também ao falar que o piso dos professores em Livramento começou a ser pago agora. É pago desde 2011 quando Carlão era prefeito, porém sem plano de carreira definido. Pagar o piso sem cumpri as gratificações do plano de carreira é muito fácil. Rio de Contas foi um dos primeiros municípios da BAHIA a fazer o plano de carreira dos professores. Infelizmente não pagamos o piso nacional como 80% dos municípios e 21 Estados do Brasil também não pagam. A saúde em Rio de Contas ao que se refere às obrigações do município são cumpridas e nunca houve tanta assistência à saúde como agora: Ambulâncias, SAMU, carros transportando doentes, medicamentos, farmácia básica, academia de saúde, NASF, melhor em casa (equipe médica na casa das pessoas, só Rio de Contas tem). Quanto a partos no hospital, estes ocorrem quando é natural (temos uma enfermeira obstetra pra isso) e os cesários são encaminhados pra Paramirim. Partos cesários no hospital de Rio de Contas como pretende meu adversário não passa de falácia, pois não cabe no orçamento de Rio de Contas instalar um centro cirúrgico como não cabe no orçamento de Livramento instalar UTI. Menti pra que? Melhor Falar a verdade que depois quebrar a cara com mentiras. Mas tudo isso é desespero de quem já enxerga mais uma derrota de longe. De 2012 para cá seu grupo político só fez diminuir e as principais lideranças que o acompanhava de perto agora estão comigo. E sabe Por que? Porque que conhece Cristiano não vota em Cristiano”.

MP-SP denuncia Lula por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica

09.03.2016

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) denunciou à Justiça, nesta quarta-feira (9), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por crimes de estelionato, falsidade ideológica, organização criminosa e lavagem de dinheiro na aquisição de um triplex em Guarujá, no litoral paulista. A denúncia foi apresentada pelo promotor Cassio Conserino no Fórum da Barra Funda, na capital paulista. Lula nega ser proprietário do imóvel.

Segundo o Tribunal de Justiça de São Paulo, a denúncia foi distribuída à 4ª Vara Criminal. Se for aceita, o ex-presidente passa a ser réu na ação. O caso segue sob segredo de justiça.

Ao todo 16 pessoas foram denunciadas, entre elas o ex-presidente Lula, a ex-primeira dama Marisa Letícia e um dos filhos de Lula, Fabio Luís Lula da Silva, o Lulinha, que seriam beneficiários do triplex.

Lula e outras 13 pessoas foram denunciadas pelos quatro crimes. Já Lulinha e dona Marisa foram denunciados apenas por falsidade ideológica e lavagem de dinheiro.

Os crimes teriam sido cometidos em empreendimentos da Bancoop – cooperativa dos bancários – que foram repassados posteriormente à construtora OAS.

O Instituto Lula negou as acusações.

Polícia Federal faz operação na casa do ex-presidente Lula, na Grande SP

04.03.2016

A Polícia Federal realizou na manhã desta sexta-feira (4) a 24ª fase da Operação Lava Jato no prédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho Fábio Luís Lula da Silva –também conhecido como Lulinha.

Essa fase da operação, batizada de Aletheia, apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram Lula por meio do sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá. O ex-presidente nega as acusações.

Em sua manifestação mais contundente desde o início da Lava Jato, a força-tarefa do Ministério Público Federal afirmou em nota que Lula é "um dos principais beneficiários" de crimes cometidos no âmbito da Petrobras.

Lula foi levado para o aeroporto de Congonhas , onde prestou depoimento à Polícia Federal.

O ex-presidente foi alvo de mandado de busca e apreensão e de condução coercitiva (quando o investigado é obrigado a depor). Os advogados dele tinham entrado com habeas corpus para evitar a medida, mas ele valia só para São Paulo, e não para Curitiba, de onde despacha o juiz federal Sergio Moro, conforme informações dadas à Folha. Lula reagiu bem quando a PF bateu à sua porta. Segundo relatos, o petista estava "tranquilo" dos momentos iniciais até a condução coercitiva.

Três em cada quatro brasileiros querem renúncia de Cunha

03.03.2016

A insatisfação com o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aumentou e agora 76% dos brasileiros defendem a possibilidade de renúncia do peemedebista do comando da Casa, segundo pesquisa Datafolha.

Significa dizer que três em cada quatro eleitores do País não querem Cunha na presidência da Câmara.

Levantamento feito em dezembro apontava que os eleitores que queriam a renúncia de Cunha chegavam a 65%. O estudo, feito em fevereiro, mostra ainda que 12% dizem que Cunha "deveria ficar onde está" — contra 26% apurados em meados de dezembro. Outros 12% não souberam se posicionar sobre o assunto — em dezembro, 9% estavam nesta situação.

A pesquisa foi feita entre os dias 24 e 25 de fevereiro em 171 cidades do Brasil. Ao todo, 2.768 pessoas responderam às questões do instituto Datafolha. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

O Datafolha também perguntou sobre a possibilidade de cassação do mandato de Eduardo Cunha. Para 78% dos entrevistados, ou seja, praticamente quatro em cada cinco eleitores, Cunha "deveria ter o mandato cassado". Em dezembro, eram 82%, e, em novembro, 81%.

Os brasileiros que dizem que Cunha não deveria ser alvo de cassação totalizam 8% — mesmo nível de dezembro e um ponto percentual acima dos 7% registrados em novembro de 2015.

Os entrevistados que disseram ser indiferentes à cassação do mandato de Cunha somam 4% — contra 2% registrados em dezembro de 2015 e 4% em novembro.

Cunha  é alvo de processo no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, uma vez que teria mentido à CPI da Petrobras sobre as contas na Suíça. Esse processo, porém, ainda patina no colegiado devido aos seguidos adiamentos da análise do mérito.

Cérebro envelhece mais rápido quando a pessoa é sedentária

28.02.2016

Levar uma vida sem praticar atividades físicas pode ajudar a reduzir o tamanho do cérebro.

É o que aponta uma estudo feito por pesquisadores da Universidade de Boston, nos Estados Unidos.

Os cientistas acompanharam cerca de mil e 500 pessoas, acima dos 40 anos de idade, que não tinham indicação de doenças cardíacas ou de demência. Elas fizeram testes de esforço em uma esteira e se submeteram a tomografias do cérebro, sendo que os procedimentos foram repetidos em 20 anos.

Os cérebros dos participantes que tinham apresentado resultados ruins na primeira etapa estavam menores na medição feita duas décadas depois.

Na segunda etapa, eles apresentaram o equivalente a dois anos de envelhecimento acelerado, um ano a mais que os de melhor condição física.

O resultado do estudo foi publicado na revista da Sociedade Americana de Neurologia.

Apenas 6 dos 39 deputados baianos não pediram reembolso de alimentação à Câmara

24.02.2016

A Câmara dos Deputados já gastou R$ 1 milhões 870 mil com as refeições reembolsadas pela Casa. De acordo com o Congresso em Foco, dos mais de 540 parlamentares que passaram pela Casa no primeiro ano da atual legislatura, apenas 123 optaram por não apresentar pedido de reembolso de seus gastos com alimentação.

Destes, seis são baianos: Antônio Brito (PTB), Bebeto Galvão (PSB), João Gualberto (PSDB), Lúcio Vieira Lima (PMDB) e Valmir Assunção (PT). Pela cota para o exercício da atividade parlamentar (Ceap), instituída em 2009, a partir da fusão do benefício das passagens aéreas e da verba indenizatória, cada deputado tem direito a receber de R$ 30.788,66 a R$ 45.612,53, conforme o estado de origem, para cobrir despesas atribuídas ao mandato. Gastos com transporte, hospedagem, divulgação da atividade parlamentar, consultoria, combustíveis e alimentação, tudo isso pode ser ressarcido, basta apresentar nota fiscal. No caso das refeições, o parlamentar pode comer em qualquer restaurante, de qualquer cidade, inclusive do exterior. A Câmara não é rigorosa na análise da prestação de contas. Limita-se a verificar apenas a regularidade fiscal e contábil dos documentos.

João Santana já está na Polícia Federal em Curitiba

23.02.2016

O publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, já estão em Curitiba. Procedentes de São Paulo, eles chegaram à capital paranaense no fim da manhã de hoje (23).

Durante a tarde, o casal fez exame de corpo de delito no Instituto Médico-Legal e retornará à PF.

Joáo Santana e a mulher desembarcaram às 9h20, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Em seguida, foram conduzidos em um avião da Polícia Federal para Curitiba.

Eles tiveram a prisão temporária decretada na 23ª fase da Operação Lava Jato, que investiga a relação de Santana com a empresa Odebrecht. A empreiteira também é alvo de investigações da Polícia Federal e teria feito repasses financeiros ao publicitário no exterior.

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas inquéritos da Operação Lava Jato, determinou ontem (22) o sequestro de um apartamento, localizado em São Paulo, registrado em nome de Santana e de sua mulher. Há suspeitas de que o imóvel teria sido pago com dinheiro retirado de uma conta secreta na Suíça.

A Receita Federal constatou um espetacular salto patrimonial do publicitário João Santana - marqueteiro do ex-presidente Lula e da presidente Dilma .

O acréscimo verificado pelo Escritório de Pesquisa e Investigação da 9ª Região Fiscal da Receita mostra que Santana saiu de um ativo de R$ 1.009 milhão, em 2004, para R$ 59,12 milhões, em 2014.

 

Oposição lança comitê para retomar movimento pró-impeachment

23.02.2016

Política

Lideranças dos partidos de oposição na Câmara dos Deputados anunciaram nesta terça-feira (23) a criação de um comitê pró-impeachment para sair às ruas do país em defesa do afastamento da presidente Dilma Rousseff.

De acordo com a Câmara Notícias, o líder do DEM, deputado Pauderney Avelino (AM), esse comitê será formado por políticos de vários partidos, inclusive da base governista, e entidades da sociedade.

Ele participou de reunião entre os partidos de oposição na Câmara, com representantes do PPS, do PSDB, do PSB e do Solidariedade, além do DEM.

A oposição também vai apoiar o protesto pró-impeachment convocado para 13 de março pelos movimentos Vem pra Rua e Brasil Livre.

Defesa de Lula pede troca de promotor na investigação sobre triplex

22.02.2016

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu hoje (22) ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) a redistribuição da investigação na qual o Ministério Público de São Paulo (MPSP) apura supostas irregularidades na compra de uma cota de um apartamento tríplex, no município paulista de Guarujá, pelo ex-presidente. Se o pedido for aceito pelo conselho, a investigação sairá das mãos do promotor Cássio Conserino, responsável pelo caso.

Na manifestação, os advogados de Lula apontam diversas irregularidades e afirmam que Cássio Conserino não tem competência para atuar nas investigações. Para a defesa, houve irregularidades na distribuição do processo. Além disso, os advogados argumentam que Conserino deu declarações à imprensa e antecipou que vai denunciar o ex-presidente.

Na semana passada, o conselheiro Valter Shuenquener de Araújo decidiu suspender o depoimento que o ex-presidente e sua mulher Marisa Letícia dariam ao promotor. A decisão vale até amanhã (23), quando o plenário do CNMP vai decidir sobre o pedido de reconsideração dos promotores do Ministério Público paulista.

Após a decisão liminar, os promotores responsáveis pela investigação afirmam que o conselho foi “induzido ao erro” pela representação do deputado Paulo Teixeira (PT-SP) e que a entrevista mencionada apenas esclareceu fatos de interesse público.

Na sua representação, o deputado Paulo Teixeira  argumenta que o promotor extrapolou suas prerrogativas funcionais e que o caso não poderia ter sido distribuído à segunda Promotoria Criminal, da qual Conserino faz parte, e sim à Primeira Promotoria Criminal.

OAB entra com ação contra pensão de ex-governadores na Bahia

17.02.2016

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), no Supremo Tribunal Federal (STF), contra a emenda que instituiu a pensão vitalícia para ex-governadores da Bahia. 
A ação foi ajuizada na segunda-feira (15) pelo Conselho Federal da OAB. A argumentação de inconstitucionalidade foi feita pelo conselho seccional do órgão na Bahia. Segundo Fernando Santana, conselheiro federal da OAB, o mesmo pedido já foi feito em cerca de outros dez estados. 
Conforme Santana, a concessão de pensão vitalícia a ex-governadores está fora dos parâmetros da Previdência Social em geral. Na ação, o Conselho Federal da OAB pede que a Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL-BA) manifeste-se sobre o pedido de concessão de medida cautelar no prazo de cinco dias e sobre o mérito da ação em um prazo de até 30 dias. A OAB pede ainda que o Advogado-Geral da União se manifeste sobre o mérito da ação. O próximo passo agora é o julgamento da Adin pelo Supremo Tribunal Federal. Caso a emenda seja considerada inconstitucional, ela será anulada. 

 

Dilma é alvo de novo ‘panelaço’ durante pronunciamento

03.02.2016

Política

A presidente Dilma Rousseff (PT) reapareceu na tela das televisões nesta quarta-feira (3), para um pronunciamento oficial sobre a epidemia do Zika Vírus. Mas muita gente não conseguiu ouvir a fala da gestora. Assim como das últimas vezes em que esteve em anúncios televisionados, a petista foi alvo de “panelaço” em diversas regiões do país. Há registros da ação de protesto em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Durante o pronunciamento, Dilma convocou a população para lutar contra a propagação do mosquito transmissor da zika.

A presidente falou ainda sobre o aumento no registro de casos de microcefalia no país e tentou tranquilizar as gestantes. “Quero transmitir uma palavra especial de conforto às mulheres brasileiras. Principalmente às mães e às futuras mamães: faremos tudo, absolutamente tudo, que estiver ao nosso alcance para protegê-las. Faremos tudo, absolutamente tudo, para apoiar as crianças atingidas pela microcefalia e suas famílias”, garantiu.

Gasto federal com cartões corporativos cai R$ 9 milhões em 2015

02.02.2016

O governo federal economizou R$ 9 milhões com cartões corporativos em 2015.

De acordo com a coluna de Lauro Jardim, em O Globo, os gastos em 2014 foram em torno de R$ 64,8 milhões, enquanto que no ano passado chegou a R$ 56,2 milhões. No gabinete presidencial, os gastos caíram de R$ 9,7 milhões em 2014 para R$ 5,9 milhões em 2015.

João Doria Jr: Lula é 'sem-vergonha', um 'cara-de-pau'

21.01.2016

Ontem  o pré-candidato da prefeitura de São Paulo, o empresário João Doria Jr. (PSDB), em palestra na Casa do Saber, comentou ser seu "sonho de consumo" ver o ex-presidente Lula participando na campanha de reeleição do atual prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT).

"Lula disse que vai ajudar o Haddad na eleição. Jesus, isso é tudo que eu mais quero", afirmou Doria.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, o empresário citou a conversa do ex-presidente a blogueiros, em que Lula afirmou estar "convencido de que Haddad vai ser reeleito".

"É meu sonho de consumo o Lula aqui para defender o Fernando Haddad, mas tem que ser antes de ser preso. Vamos até pedir ao Moro para adiar essa prisão", afirmou o empresário João Doria Jr.

O empresário ainda engrossou a voz e afirmou que "Lula é um sem-vergonha, um cara-de-pau", ao comentar a afirmação, do próprio ex-presidente, de que ninguém é tão honesto quanto ele.

Datena desiste de disputar Prefeitura e diz que vai sair do PP

18.01.2016

Política

O apresentador José Luiz Datena disse nesta segunda-feira, 18, que desistiu de disputar a Prefeitura de São Paulo pelo PP e que vai se desfiliar do partido, no qual havia ingressado no ano passado. "Não posso permanecer em um partido que tomou mais de R$ 300 milhões da Petrobrás", afirmou o jornalista em seu programa diário na rádio Bradesco Esportes FM, que pertence ao Grupo Bandeirantes.

Datena deu a declaração um dia após o Estado publicar reportagem, na manchete da edição de domingo, que mostrou que a Procuradoria-Geral da República estima em R$ 358 milhões o total de propinas obtidas pelo PP entre 2006 e 2014, a partir do esquema de corrupção na Petrobrás. O dado consta de denúncia apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR). Parte dos valores desviados foi acobertada por doações oficiais de campanha, segundo a Operação Lava Jato. O PP, como mostrou a reportagem, é o primeiro partido a ter seu esquema de corrupção e financiamento ilegal devassado pela força-tarefa.

Outro motivo citado por Datena para desistir da pré-candidatura a prefeito e da permanência no PP é a hipótese de realização de prévias para definir o nome do partido na eleição paulistana. Segundo nota publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, o deputado e ex-prefeito Paulo Maluf, que em 2012 celebrou o apoio da sigla ao petista Fernando Haddad, quer disputar a indicação da legenda ao cargo.

Preso há cerca de 2 meses, Delcídio mantém auxílio moradia de R$ 5,5 mil

18.01.2016

Política

Preso desde o dia 25 de novembro de 2015 por suspeita de envolvimento na Operação Lava Jato, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) manteve nesses quase dois meses o gabinete em funcionamento e continua sendo contemplado com auxílio moradia de R$ 5.500. Como não teve o mandato cassado, Delcídio segue senador, com todos os seus direitos, salário e benefícios. Ele mantém todo o aparato de seu gabinete, no 25º andar do Senado Federal. Funcionários cumprem o horário, mas basicamente só respondem e-mails, correspondências e atendem telefonemas. Quando um senador em exercício falta a uma sessão deliberativa - aquela em que são votados projetos -, seu salário é descontado em aproximadamente R$ 1.200. Como a prisão de um senador é inédita, a Secretaria-Geral da Mesa do Senado interpreta que ele está "licenciado" do cargo, como se estivesse afastado por uma questão de saúde. O entendimento, portanto, é de que Delcídio não comparece às sessões porque está "impedido".