Informe Chapada

Informe Chapada


Resultado da busca pelo arquivo de "12/2014"

Operação Verão contará com efetivo de 20 mil PMs

05.12.2014

Foto:Divulgação

Vinte mil policiais e bombeiros irão integrar a Operação Verão da Polícia Militar até o Carnaval. Além do reforço de pessoal, a operação contará com uma frota renovada de veículos e aeronaves. O anúncio foi feito ontem dia 04/12 pela Secretaria de Segurança Pública, em cerimônia realizada no Jardim dos Namorados.

A operação conta com investimentos de cerca de R$ 3 milhões em horas extras e cobre os 1.183 quilômetros do litoral baiano, rodovias, aeroportos, terminais marítimos e rodoviários, assim como os grandes eventos e festas populares.

São 16 novos ônibus de transporte de tropa, além de helicópteros, barcos, jet skis, quadriciclos e motocicletas. Além da capital baiana, o efetivo atua em regime ordinário e extraordinário em regiões como o Litoral Norte, o Baixo Sul, a Costa do Descobrimento e a Chapada Diamantina. Entre os destinos procurados por baianos e turistas durante o verão e que terão a segurança reforçada estão Ilhéus, Itacaré, Valença, Morro de São Paulo, Camamu, Conde, Cachoeira, Juazeiro, Mata de São João, Lençóis, Rio de Contas, Bom Jesus da Lapa, Maraú, Porto Seguro, Canavieiras e Alcobaça.(Correio)

Segurança: Instalar a iluminação de Natal requer cuidados

05.12.2014

Com a chegada do Natal, faz parte da tradição e do espírito natalino o uso de luzes para embelezar e iluminar as residências, comércio e ruas das cidades. É época de montar as árvores e decorar o interior da casa com pisca-piscas das mais variadas cores e tamanhos. Fachadas são decoradas com recursos cada vez mais sofisticados e criativos, mas muitas vezes são esquecidas as precauções na hora de escolher e manusear esses produtos. Para que os enfeites não sejam a causa de acidentes, como choques elétricos, incêndios e curtos-circuitos além de gastos desnecessários , alguns cuidados devem ser adotados na hora de sua instalação, manutenção e operação.​

Antes de começar a instalar as luzes de Natal, a recomendação dos especialistas é procurar um eletricista qualificado.

Uma fiação defeituosa ou solta, somada a uma sobrecarga adicional devido aos acessórios instalados nesta época, é uma causa comum de danos graves, como o superaquecimento, choques e até a queima da fiação elétrica e consequente incêndio da casa. Esses conselhos valem não só para essa época, mas para o ano todo.

É recomendável que o consumidor revise as suas instalações antes de instalar os enfeites natalinos. Assegure-se de que a capacidade e a resistência dos condutores, tanto da fonte de energia quanto dos enfeites em si, sejam compatíveis com a carga elétrica requerida, observando o correto dimensionamento de cabos e fios. E busque sempre enfeites de qualidade, ou seja, certificados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro).

 

*Após algum tempo guardado, o pisca-pisca pode sofrer danos devido ao próprio uso. Por isso, é importante verificar as condições dos fios e fazer as instalações sempre com o pisca desligado da tomada.

*Deve-se ter o cuidado de adquirir sempre enfeites e lâmpadas à prova d'água para a decoração externa.

*Dentro de casa, o alerta é para que as crianças não tenham acesso liberado à árvore de Natal.

*Por serem fontes de calor, as luzes precisam de acompanhamento contínuo e devem ser desligadas quando não houver alguém em casa ou quando as pessoas estiverem dormindo.

*Na dúvida, consulte sempre um eletricista.

Rio de Contas: Cooperativa impulsiona produção de artesanato local

03.12.2014

Cultura

Artigos em madeira, metal e bordados. Assim que o visitante chega a loja da Cooperativa Artesanal Mista de Rio de Contas (Cooperart) se depara com uma grande variedade de produtos criados pelos 54 artesãos que fazem parte da entidade e trabalham constantemente para manter a tradição local na fabricação de peças que encantam turistas e fortalecem a economia local.

Fundada em 22 de agosto de 1968 e presidida atualmente por Maria da Conceição Rodrigues Ramos a Cooperart tem o apoio da Prefeitura de Rio de Contas, SEBRAE e do Instituto de Artesanato Visconde de Mauá, instituição de legitimidade na valorização de parte importante do patrimônio artístico e cultural do estado da Bahia e autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte – Setre.

Segundo a tesoureira da Cooperart, Eliane Pierote Silva, as parcerias são importantes para que a produção e comercialização dos produtos tenham continuidade. O trabalho é gerido de forma simples e eficiente: as terças e sextas-feiras as mulheres se reúnem na sede da Cooperativa para fabricar com beleza e originalidade os bordados como o crivo rústico (feito com fios de sacos de algodão). Já as peças de metal e madeira são fabricadas em pequenas oficinas montadas nas residências dos artesãos.  

O resultado de tamanho empenho e dedicação está em produtos autênticos e carregados de cultura brasileira que podem ser encontrados na loja da Cooperativa, situada na Praça do Landim em Rio de Contas que funciona diariamente das 09:00 às 17:00h e também em outras partes do país como o Museu do Folclore do Rio de Janeiro.

A participação da Cooperativa em feiras de artesanato é ainda uma oportunidade para divulgação e apresentação de tudo o que é produzido pelos talentosos artesãos riocontenses. Neste mês, por exemplo, os produtos serão exibidos em uma feira artesanal no Anhembi em São Paulo.

 

Rio de Contas sediará 1° Fórum de Gestores e Técnicos do Cadastro Único e Bolsa Família

02.12.2014

Foto: reprodução

Nos dias 04 e 05 de dezembro será realizado na cidade de Rio de Contas o 1° Fórum de Gestores e Técnicos do Cadastro Único e Bolsa Família dos Territórios de Identidade da Chapada Diamantina, Bacia do Jacuipe, Velho Chico e Bacia do Rio Corrente.

O Fórum debaterá sobre problemas enfrentados, o acompanhamento das ações desenvolvidas e discussão de estratégias adequadas para o atendimento das demandas do Cadastro Único (CadÚnico) e do Programa Bolsa Família. 

O objetivo das discussões é fortalecer as ações para melhoria do trabalho no território,, aprimorar a gestão destes serviços, estabelecer um canal permanente e contínuo de proximidade e informações entre os municípios, refletindo no aumento dos recursos captados  através do Índice de Gestão Descentralizada Municipal (IGD-M) e possibilitando o acesso a outros programas Sociais do Governo Federal.

O Vice-Presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) e Prefeito da cidade de Rui Barbosa, José Bonifácio Marques Dourado, a Representante do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Bruna Ribeiro, os Deputados Estaduais Yulo Oiticica e Neuza Cadore já confirmaram presença no Fórum que deve receber ainda outros parlamentares nas esferas Estadual e Federal, Prefeitos e autoridades de toda região.